6 bons motivos para usar a navegação anônima

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Embora praticamente todos os navegadores do mercado tenham uma opção de navegação anônima, ela geralmente só é usada em alguns poucos casos (ou, na verdade, em um caso muito específico). Isso é um erro, porque a navegação anônima pode facilitar bastante nossa vida em alguns momentos.
Basicamente, a navegação anônima é uma forma de navegação na qual o que você faz não fica registrado em lugar nenhum. Normalmente, o Chrome, o Firefox e outros navegadores vão gravando o seu histórico para que você possa acessá-lo depois e para poder mostrar propagandas e sugestões de sites. Mas quando você está em janelas anônimas, nada disso acontece.
Abrir uma janela anônima é simples: no Chrome, basta utilizar o atalho Ctrl + Shift + N; no Firefox, o atalho é Ctrl + Shift + P. Ou ainda, você pode clicar em um link com o botão direito e selecionar “abrir em nova janela anônima” em qualquer navegador que tenha esse recurso. A seguir, nós listamos seis ocasiões em que fazer isso pode melhorar sua qualidade de vida digital:
Reprodução
1. Entrar em um site com várias contas ao mesmo tempo
Vamos supor que você tem dois e-mails do Gmail que gostaria de gerenciar ao mesmo tempo. Você precisaria entrar em um deles, fazer o que quisesse, sair e entrar no outro. Meio chato, né? Mas há um jeito mais fácil: entre em uma das contas normalmente, depois abra uma janela anônima para entrar na outra. Isso funciona porque no modo anônimo o navegador não compartilha os “cookies” com a navegação normal, e então ele não sabe se você já está logado em outra conta. E não é só o Gmail: essa dica pode ser usada em qualquer site que exija login.
Reprodução
2. Ler artigos acima do limite permitido
Vários sites de notícia colocam um limite ao número de artigos gratuitos que você pode ler por semana ou mês. Após esse limite, o próximo artigo que você abre fica “trancado” e o site sugere que você pague uma assinatura para poder ler mais. Mas se você não quiser pagar, basta pegar esse link e abri-lo numa janela anônima. Novamente, o motivo de isso funcionar é que o modo anônimo não compartilha “cookies” com o modo normal. E, se a sua janela anônima também estourar o limite, basta fechá-la e abrir outra, já que todos os “cookies” dela são apagados quando é fechada.
3. Usar contas pessoais temporariamente em outros computadores
Entrar no Facebook no computador de uma pessoa que você não conhece muito bem, ou em um computador compartilhado, é arriscado: há sempre o risco de que você esqueça de sair da sua conta no final. Para contornar esse risco, basta usar a navegação anônima. Como ela não grava o seu histórico de navegação, não há risco de que as informações que você troca naquele computador sejam mais tarde visualizadas por outra pessoa. Assim que você fechar a janela anônima, tudo se vai.
Reprodução
4. Ver os resultados de busca que aparecem para outras pessoas
O Google usa os seus dados de navegação para customizar os resultados das buscas que você faz. A ideia disso é oferecer resultados mais relevantes, mas e se você quiser saber quais resultados aquela busca mostrará para outras pessoas? Fácil: basta fazer a busca no modo anônimo. Isso é útil, por exemplo, se você quiser saber o que aparece para outras pessoas quando elas jogam seu nome no Google. E essa dica também funciona para que você veja a versão “pura” de qualquer site que fica diferente de acordo com seus dados de navegação.
Reprodução
5. Impedir determinadas propagandas de aparecer no seu navegador
Quando você busca por um produto na internet, o seu navegador se lembra e depois fica te mostrando propagandas de produtos semelhantes. Isso pode até ser útil, mas se você for buscar por um produto pelo qual não costuma se interessar muito, talvez seja melhor fazer essa busca no modo anônimo. Isso é especialmente útil se você for fazer essa busca num computador que não seja o seu, já que as propagandas que aparecerão para os outros usuários daquele computador poderiam revelar algo sobre sua vida pessoal.
6. Conseguir preços melhores
Você já teve a impressão de que os preços dos produtos em um site de compras mudaram enquanto você estava comprando? Pode não ter sido só impressão. Alguns sites usam seus dados de navegação para elevar os preços dos produtos pelos quais você procura. Produtos eletrônicos e passagens de avião são alguns dos exemplos mais comuns de casos desse tipo. Para impedir que os sites se “encareçam” para você, basta realizar a compra toda em uma janela anônima. Assim, o site não terá acesso a seus dados de navegação e não poderá se “inflacionar” para você.
Crie ou migre sua conta de email na DigooWeb e não tenha mais preocupações
Diego Bencke

Diego Bencke

Web Master e criador da DigooWeb Gramado. Especialista em WordPress.
No Instagram: @diegobencke

Conheça a DigooWeb

Deixe seu comentário:

Quem Somos

A DigooWeb é uma empresa da cidade de Gramado, na Serra Gaúcha que disponibiliza hospedagem de alta performance para websites e contas de e-mail ilimitadas.  Oferecemos um poderoso construtor de sites para quem deseja construir seu próprio site ou ganhar dinheiro desenvolvendo.

Últimos Posts

Siga a gente

Assine a nossa newsletter

Você receberá em seu e-mail as novidades de nosso blog

1
Olá
Precisa de ajuda?
Powered by