Saiba como deixar mais seguro o uso da internet por crianças

A maioria dos serviços digitais possui ferramentas de restrição de conteúdos

Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

É possível deixar a internet mais segura para as crianças evitando que elas sejam expostas a conteúdos inadequados. Os principais sites, navegadores e sistemas operacionais possuem modos de segurança. Também existem aplicativos e ferramentas para restringir acesso e monitorar o uso da internet.

Navegadores
– Extensões como o ProCon Latte, para o Mozilla, e o Website Blocker, para o Chrome, permitem que o usuário bloqueie acesso aos sites que escolher.

– No caso do Internet Explorer, é possível restringir conteúdos nas configurações do próprio navegador. Basta clicar em “Ferramentas”, “Opções da Internet” e selecionar a aba “Conteúdo”. Na aba, clique no botão “Habilitar…”. A janela “Supervisor de Conteúdo” deve abrir, ali é possível bloquear os sites desejados.

Busca do Google
– O Google possui a ferramenta SafeSearch para impedir que sites com conteúdo adulto apareçam nos resultados de pesquisa. Para ativar, é necessário acessar as“Configurações de pesquisa” do Google, marcar a opção “Filtrar resultados explícitos” e clicar em “Salvar” na parte inferior da página. Também é possível bloquear a ferramenta para que apenas quem tiver a senha possa alterar as configurações.

YouTube
O YouTube também possui ferramenta para restringir conteúdo adulto. Para ativar, o usuário deve ir até a parte inferior do site e clicar em “Segurança”, então aparecerá a opção para ativar o Modo de Segurança.


Facebook

O Facebook não possui modo de segurança nativo, mas há aplicativos que permitem o controle das atividades do perfil. O Piggyback permite que os pais saibam quais jogos os seus filhos estão jogando na rede social e quanto tempo passam em cada um deles.

Smartphones e tablets
Os três principais sistemas operacionais móveis, Android, IOS e Windows Phone possuem ferramentas para controlar o acesso à aplicativos.

No Android, é possível configurar o acesso no Google Play. No menu, selecione “Configurações”, clique em “Filtragem de Conteúdo” e escolha os aplicativos que deseja liberar o acesso.

Nos tablets e smartphones da Apple, basta ir até “Ajustes”, clicar em “Geral”, “Restrições” e selecionar “Ativar Restrições”. Nesta mesma tela, é possível selecionar aplicativos e tipos de conteúdos que deseja restringir acesso.

No Windows Phone 8, é possível impedir que as crianças façam downloads de aplicativos gratuitos, pagos e com classificação etária. Para configurar, acesse o site windowsphone.com, clique em “Explorar” no menu e selecione Família. Depois de fazer login, clique em “Alterar configurações” ao lado do nome da criança e configure as permissões.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Diego Bencke

Diego Bencke

CEO DigooWeb - Graduado em Marketing
Especialista em Internet Marketing.
No Instagram: @diegobencke

Conheça a DigooWeb

Quem Somos

Criamos sites e portais de notícia por assinatura de alto impacto que aproximam pessoas e geram negócios.

Iremos criar e cuidar do teu site e de tua conta no google, enquanto você foca só no seu negócio.

Últimos Posts

Siga a gente

×
Woooow!